Observatório Social de Palhoça realiza Prestação de Contas de 2017

28 de março de 2018 16:10

No dia 26/03/2018, Observatório Social de Palhoça (OSPH) realizou a prestação de contas referente aos trabalhos executados no ano de 2017. Cabe destacar que a prestação de contas, realizada nas dependências da CDL Palhoça, é uma ação prevista no estatuto da entidade.

O presidente do OSPH, Anderson Silveira de Souza, fez uma apresentação detalhada sobre as principais atividades em 2017 do OSPH, com destaque para o acompanhamento diário das licitações da Prefeitura Municipal de Palhoça (PMP) e da Câmara Municipal, o monitoramento das atividades da Câmara (desempenho dos vereadores; análise de dados; análise dos cargos comissionados e análise dos contratos existentes) e o projeto “Obra Transparente” (monitoramento da utilização de recursos federais para a construção de creches no município).

O OSPH é uma entidade baseada no voluntariado. Desta forma, são definidos grupos de trabalho por áreas específicas, formados por especialistas daquele segmento. Até o momento, foram criados os seguintes grupos:Licitações, Obra Transparente, Jurídico e de TI (Tecnologia da Informação). Já os grupos de Educação e Saúde devem ser implementados em breve.

A partir desses trabalhos conjuntos, foram realizados vários questionamentos formais sobre processos licitatórios, ocasionando a suspensão de vários deles, para: ou serem reabertos em novas bases com valores mais próximos aos de mercado ou para corrigir erros de especificação que trariam prejuízo futuro ao erário; ou que fossem suspensos definitivamente.

Houve também um grande estímulo ao aumento de participantes nas licitações, gerando uma maior competitividade e beneficiando a redução de preços. A economia proporcionada por todos esses processos foi na ordem de R$ 174 mil na Câmara e de R$ 11,8 milhões na PMP. Pela primeira vez na história do município, a Câmara Municipal devolveu no final de exercício, recursos para a Prefeitura na ordem de R$ 503 mil.

Contudo, esse relativo sucesso do OSPH no seu primeiro ano de atuação, corre risco de interrupção. O órgão trabalha no vermelho e com sérias dificuldades financeiras. É preciso que o número de colaboradores seja aumentado com urgência. Há três formas de contribuir com o OSPH:
1 – Tornando-se um voluntário;
2 – Adquirindo os produtos do Observatório; e
3 – Contribuindo financeiramente de forma mensal (depósitos programados diretamente em Conta Corrente).

Participe. Entre em contato pelo: 3242-1900 Ramal:222/99616-0059

Mantenedores

ObservatórioSocial de Palhoça

O OSB é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, disseminadora de uma metodologia padronizada para a criação e atuação de uma rede de organizações democráticas e apartidárias do terceiro setor. A Rede OSB é formada por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública. "Indignar-se é importante, atitude é fundamental."


CEP:
Telefone:
E-mail: